Festivais de rock com características chinesas

Festivais de rock com características chinesas

Cláudia Trevisan

06 Maio 2010 | 10h52

Sem atividades relacionadas ao Dia do Trabalho, o 1º de Maio acabou se transformando na época dos festivais de música na China. Em vez de operários celebrando o socialismo em praça pública, a data é marcada por milhares de jovens esparramados no gramado de parques para escutar bandas de rock, a maior parte das quais chinesas. Apesar de mais comportados que Woodstock, os festivais têm aquele ar festivo e de liberdade que caracteriza grandes reuniões de estudantes em quase todo o mundo _claro, desde que ninguém grite “abaixo o governo” ou “viva o dalai lama”.

Só em Pequim, há dois grandes eventos musicais, que se estendem por três ou quatro dias. O mais tradicional deles é o MIDI, que começou de maneira acanhada no fim dos anos 90 e alcançou celebridade e o grande público a partir de 2004. Em 2008, o festival teve que se transferido de maio para outubro, em razão das medidas de segurança adotadas pelo governo para a Olimpíada de Pequim, realizada em agosto.

No ano passado, os organizadores decidiram levar o festival a outra cidade e o evento acabou não sendo realizado em nenhum lugar, o que abriu espaço para o surgimento do Strawberry Festival, uma versão mais indie que o MIDI. Neste ano, os dois festivais voltaram e ambos atraíram milhares de jovens no súbito calor de Pequim. Aí vão algumas fotos do Strawberry:

 

Vestido para o rock - Cláudia Trevisan/AE

Vestido para o rock - Cláudia Trevisan/AE

 

A tatuagem de Mao Tsé-tung é o mais exótico do modelito - Cláudia Trevisan/AE

A tatuagem de Mao Tsé-tung é o mais exótico do modelito - Cláudia Trevisan/AE

 

O punk de frente - Cláudia Trevisan/AE

O punk de frente - Cláudia Trevisan/AE

 

E verso - Cláudia Trevisan/AE

E verso - Cláudia Trevisan/AE

 

Produção entre amigos - Cláudia Trevisan/AE

Produção entre amigos - Cláudia Trevisan/AE

 

Inspiração japonesa - Cláudia Trevisan/AE

Inspiração japonesa - Cláudia Trevisan/AE

 

Conversa no gramado - Cláudia Trevisan/AE

Conversa no gramado - Cláudia Trevisan/AE

 

Audiência inusitada - Cláudia Trevisan/AE

Audiência inusitada - Cláudia Trevisan/AE

Banda no palco - Cláudia Trevisan/AE

Banda no palco - Cláudia Trevisan/AE