As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Guia para entender o ataque ao metrô de St. Petersburgo

gustavochacra

03 Abril 2017 | 11h41

A Rússia é um alvo comum de terrorismo?

Não sabemos ainda quem realizou o ataque terrorista em St. Petersburgo que deixou dez mortos. Mas sabemos que Rússia é um alvo comum de terrorismo, normalmente ligado a movimentos jihadistas e separatistas de repúblicas da Federação Russa no Cáucaso. Desde 1996, uma série de atentados terroristas ligados a grupos com base na Tchetchênia e no Daguestão ocorreram no país, incluindo contra o sistema de metrô de Moscou. Chama a atenção Putin estar em St. Petersburg hoje.

 O ISIS (Grupo Estado Islâmico ou Daesh) já atacou a Rússia?

Não podemos esquecer que os russos foram os alvos do maior atentado cometido por um grupo ligado ao ISIS, também conhecido como Grupo Estado Islâmico ou Daeh. Em outubro de 2015, uma organização jihadista do Sinai que declarou lealdade ao ISIS matou 224 passageiros que estavam em um avião russo que deixava o Egito em direção à Rússia.

Por que o ISIS, ou outros grupos terroristas, seriam contra a Rússia?

A Rússia apoia o regime do Bashar al Assad na Guerra da Síria. E há grande presença de tchetchenos lutando em grupos rebeldes anti-Assad, incluindo alguns ligados à Al Qaeda, como a Frente de Conquista do Levante (Frente Nusrah). Também há tchetchenos que integram o ISIS, também conhecido como Grupo Estado Islâmico ou Daesh.

Então quem pode estar por parte do atentado?

Portanto, poderíamos especular que o atentado tenha ligação a separatistas tchetchenos (ou do Daguestão) ou mesmo de tchetchenos que tenham passado pela guerra da Síria lutando pelo ISIS ligados a movimentos rebeldes jihadistas inimigos do regime de Bashar al Assad.

O ataque foi mais sofisticado do que em Londres e Berlim?

Claramente o atentado envolveu uma sofisticação muito maior do que em Londres e Berlim, quando os terroristas individualmente usaram veículos para atropelar pedestres. Foi planejado e dificilmente teria sido realizado por um lobo solitário – embora não possamos descartar esta hipótese, lembrando do atentado em Boston cometido pelos irmãos Tsarnaev (curiosamente com origem no Cáucaso). Mas há uma diferença enorme entre este ataque e os que ocorreram em Londres e Berlim.

Mas foi terrorismo mesmo?

Tudo indica que sim. Mas vamos aguardar as investigações.

Guga Chacra, blogueiro de política internacional do Estadão e comentarista do programa Globo News Em Pauta em Nova York, é mestre em Relações Internacionais pela Universidade Columbia. Já foi correspondente do jornal O Estado de S. Paulo no Oriente Médio e em NY. No passado, trabalhou como correspondente da Folha em Buenos Aires

Comentários na minha página no Facebook. Peço que evitem comentários islamofóbicos, antissemitas, anticristãos e antiárabes ou que coloquem um povo ou uma religião como superiores. Também evitem ataques entre leitores ou contra o blogueiro.  Não postem vídeos ou textos de terceiros. Todos os posts devem ter relação com algum dos temas acima. O blog está aberto a discussões educadas e com pontos de vista diferentes. Os comentários dos leitores não refletem a minha opinião e não tenho condições de monitorar todos os comentários
Acompanhe também meus comentários no Globo News Em Pauta, no Twitter @gugachacra , no Facebook Guga Chacra (me adicionem como seguidor) e no Instagram