As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Por que suicídio mata mais do que homicídio e ninguém fala nada?

gustavochacra

12 Agosto 2014 | 12h13

Suicídio mata um número 2,5 vezes maior do que homicídios nos Estados Unidos todos os anos. Isto é, a chance de uma pessoa se suicidar supera o dobro da de ela ser assassinada. Ainda assim, pouco se fala no tema, a não ser quando alguém famoso, como Robin Wiliams, decide se suicidar.

De acordo com o Center for Disease Control and Prevention do governo americano, quase 40 mil pessoas se suicidam em média por ano nos EUA. Destas, cerca de 20 mil usam armas de fogo, outras 10 mil se sufocam e 6 mil se envenenam.  Como comparação, 16 mil pessoas são assassinadas por ano nos EUA, sendo 11 mil delas por arma de fogo.

Para ficar mais claro

 Suicídio – 40 mil mortes, sendo 20 mil por armas de fogo


 Homicídio – 16 mil mortes, sendo 11 mil por armas de fogo

Em 2010, mais pessoas se suicidaram no mundo do que morreram em todas as guerras e assassinatos somados. Tenho certeza de que você conhece uma pessoa que se matou, mas talvez não conheça uma que tenha sido assassinada.

Apesar disso, vemos enormes campanhas que corretamente buscam aumentar a segurança e reduzir o número de homicídios. Mas são poucas que tratam do suicídio, visto como um tema tabu. Muitas vezes, como no caso de Robin Wiliams, o suicídio é motivado por uma crise de depressão que pode e deve ser tratada.

Diferentemente do que ocorre com uma pessoa quando ela é diagnosticada com doenças cardíacas, por exemplo, ser portador de uma condição psiquiátrica parece ser um crime. As pessoas têm vergonha de admitir que são portadoras desta condição temendo sofrer preconceito e mesmo seus familiares muitas vezes omitem. O certo, claro, seria buscar tratamento psiquiátrico.

Antes de terminar, mais um dado –o número de veteranos da Guerra do Iraque que se suicidou nos Estados Unidos é o dobro do número de americanos que morreram em combate no território iraquiano. Todos os dias, 22 veteranos de guerra dos EUA (Vietnã, Afeganistão, Iraque, Coreia e Segunda Guerra) se matam. Um em cada três veteranos de guerra já pensou em se matar. Dois em cada três veteranos que decidiram se matar cometeram o suicídio depois dos 50 anos

 

Não sei como faz para publicar comentários. Portanto pediria que comentem no meu Facebook (Guga Chacra)  e no Twitter (@gugachacra), aberto para seguidores

Guga Chacra, comentarista de política internacional do Estadão e do programa Globo News Em Pauta em Nova York, é mestre em Relações Internacionais pela Universidade Columbia. Já foi correspondente do jornal O Estado de S. Paulo no Oriente Médio e em NY. No passado, trabalhou como correspondente da Folha em Buenos Aires

Comentários islamofóbicos, antissemitas, anticristãos e antiárabes ou que coloquem um povo ou uma religião como superiores não serão publicados. Tampouco são permitidos ataques entre leitores ou contra o blogueiro. Pessoas que insistirem em ataques pessoais não terão mais seus comentários publicados. Não é permitido postar vídeo. Todos os posts devem ter relação com algum dos temas acima. O blog está aberto a discussões educadas e com pontos de vista diferentes. Os comentários dos leitores não refletem a opinião do jornalista

Acompanhe também meus comentários no Globo News Em Pauta, na Rádio Estadão, na TV Estadão, no Estadão Noite no tablet, no Twitter @gugachacra , no Facebook Guga Chacra (me adicionem como seguidor), no Instagram e no Google Plus. Escrevam para mim no gugacha