As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Primárias Republicanas parecem o Campeonato Paulista

gustavochacra

20 Março 2012 | 12h14

Eleições nos EUA 2012

no twitter @gugachacra

As primárias republicanas parecem o Campeonato Paulista. Existe uma tabela de classificação, com os delegados em vez dos pontos. Nesta, o ex-governador Mitt Romney está disparado em primeiro, com o dobro do segundo colocado, Rick Santorum. Como no futebol, também há as mesas redondas de comentaristas fazendo previsões que variam de acordo com o resultado das prévias ou de pesquisas.

Depois de vencer em Michigan, Romney estava “consolidado” como candidato, segundo os comentaristas. A Super Tuesday deixou a situação ambígua. Na semana passada, a campanha do moderado ex-governador de Massachusetts parecia rumar para o pesadelo, com as derrotas “fora de casa”, nos conservadores Mississippi e Alabama.

Agora, com 15 pontos percentuais de vantagem sobre Santorum em Illinois, Romney mais uma vez é descrito como favorito. Vamos aguardar agora os resultados da noite. De qualquer forma, sendo mais um dos comentaristas, acho muito difícil o ex-governador não ser o escolhido.

Com Romney como candidato, as questões sociais conservadoras, que são a bandeira de Santorum e da ala mais radical do Partido Republicano, devem ser deixadas de lado. O ex-governador e o presidente não gostam de discutir estes assuntos.

Na campanha presidencial, o debate será sobre economia. De um lado, Romney, defendendo a destruição criativa, que sempre colocou os EUA na vanguarda mundial com inovação. Para cada empresa gigante que entra em crise, como a GM, uma outra surge, como o Facebook ou o Google. Já Obama defende mais intervenção estatal, salvando a própria GM.

Cada lado tem seus argumentos e será uma verdadeira Copa do Mundo. Não mais um Campeonato Paulista, como estas primárias.

Leiam ainda o blog Radar Global. Acompanhem também a página do Inter do Estadão no Facebook

Comentários islamofóbicos, anti-semitas e anti-árabes ou que coloquem um povo ou uma religião como superiores não serão publicados. Tampouco ataques entre leitores ou contra o blogueiro. Pessoas que insistirem em ataques pessoais não terão mais seus comentários publicados. Não é permitido postar vídeo. Todos os posts devem ter relação com algum dos temas acima. O blog está aberto a discussões educadas e com pontos de vista diferentes. Os comentários dos leitores não refletem a opinião do jornalista

O jornalista Gustavo Chacra, correspondente do jornal “O Estado de S. Paulo” e do portal estadão.com.br em Nova York e nas Nações Unidas desde 2009, é mestre em Relações Internacionais pela Universidade Columbia. Já fez reportagens do Líbano, Israel, Síria, Cisjordânia, Faixa de Gaza, Jordânia, Egito, Turquia, Omã, Emirados Árabes, Iêmen e Chipre quando era correspondente do jornal no Oriente Médio. Participou da cobertura da Guerra de Gaza, Crise em Honduras, Crise Econômica nos EUA e na Argentina, Guerra no Líbano, Terremoto no Haiti e crescimento da Al-Qaeda no Iêmen. No passado, trabalhou como correspondente da Folha em Buenos Aires. Este blog foi vencedor do Prêmio Estado de Jornalismo, empatado com o blogueiro Ariel Palacios