As informações e opinões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Qual o significado de Ben Carson ser líder nas primárias republicanas?

gustavochacra

27 Outubro 2015 | 11h44

Ben Carson ultrapassou Donald Trump e assumiu a liderança das primárias republicanas, segundo pesquisa da CBS/New York Times. Este resultado indica claramente que o eleitorado republicano está, neste momento, em busca de um candidato outsider e super conservador. Carson e Trump se encaixam neste perfil e, somados, têm quase metade do eleitorado republicano neste momento.

Para quem não conhece, Carson é um renomado neurocirurgião pediátrico e único pré-candidato negro nas primárias republicanas. Além de odiar abertamente o presidente Obama, algumas de suas posições são consideradas polêmicas, sendo radicalmente contra o aborto, os direitos dos homossexuais, dos muçulmanos, dos imigrantes sem documentos e questiona a ciência em relação ao aquecimento global ser causado pelo homem e diz acreditar na teoria da criação (Adão e Eva), além de ser defensor do porte irrestrito de armas. Assumidamente, não entende de política externa.

Para o establishment republicano em Washington e Wall Street, é desesperador ver a possibilidade de um inexperiente Carson ser candidato e, pior, ser presidente. Eles prefeririam Jeb Bush (ex-governador da Florida), Marco Rubio (senador), John Kasich (governador de Ohio) ou Chris Christie (governador de Nova Jersey) como candidatos contra Hillary Clinton, sem correr o risco de ver um aventureiro na Casa Branca. Mas estes candidatos tradicionais não conseguem decolar.

Apenas como comparação, Mitt Romney, candidato republicano em 2012 e Rockefeller Republican, foi um dos maiores gênios de private equity dos EUA, organizou uma das melhores Olimpíadas da história em Salt Lake City e governou com sucesso Massachusetts, trabalhando com a oposição democrata e aprovando uma reforma do sistema de saúde que inspiorou Obama. Já Carson nunca trabalhou na iniciativa privada e nunca exerceu um cargo público. Ele consideraria Romney esquerdista. Romney o consideraria extremista.


Ben Carson – 26%

Donald Trump – 22%

Marco Rubio – 8%

Jeb Bush – 7%

Carly Fiorina – 7%

John Kasich – 4%

Rand Paul – 4%

Ted Cruz – 4%

Mike Hukabee – 4%

Guga Chacra, blogueiro de política internacional do Estadão e comentarista do programa Globo News Em Pauta em Nova York, é mestre em Relações Internacionais pela Universidade Columbia. Já foi correspondente do jornal O Estado de S. Paulo no Oriente Médio e em NY. No passado, trabalhou como correspondente da Folha em Buenos Aires

Comentários na minha página no Facebook. E comentários islamofóbicos, antissemitas, anticristãos e antiárabes ou que coloquem um povo ou uma religião como superiores não serão publicados. Tampouco são permitidos ataques entre leitores ou contra o blogueiro. Pessoas que insistirem em ataques pessoais não terão mais seus comentários publicados. Não é permitido postar vídeo. Todos os posts devem ter relação com algum dos temas acima. O blog está aberto a discussões educadas e com pontos de vista diferentes. Os comentários dos leitores não refletem a opinião do jornalista

Acompanhe também meus comentários no Globo News Em Pauta, no Twitter @gugachacra , no Facebook Guga Chacra (me adicionem como seguidor) e no Instagram