As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Vale a pena destruir uma amizade por Dilma, Cunha e Temer?

gustavochacra

19 Abril 2016 | 10h42

O Irã é inimigo do ISIS, também conhecido como Grupo Estado Islâmico ou Daesh. Eu e praticamente 100% das pessoas que eu conheço são contra o ISIS. Mas isso não significa que sejamos a favor do Irã, que também desrespeita os direitos humanos. Isto é, ser contra o ISIS não significa ser a favor do regime de Teerã. Significa apenas ser contra o ISIS. Normalmente, as pessoas são contra o ISIS e contra o Irã.

No Brasil, tenho visto brigas entre amigos meus. Os que são a favor do impeachment são acusados de serem defensores de políticos populistas defensores da tortura do regime militar brasileiro ou do Chile de Pinochet. E os que são contra o impeachment são associados à tortura dos regimes de Cuba e da Coreia do Norte.

No fundo, todos foram ditaduras e estas acusações são completamente absurdas. Há sim deputados que votaram a favor do impeachment que deram declarações repugnantes sobre à tortura. E há sim deputados que votaram contra e são entusiastas de Cuba. Mas não dá para generalizar. Muitas pessoas que eu conheço, dos dois lados na discussão, não suportam a Dilma nem o Cunha e criticam o Chile de Pinochet e a Cuba de Fidel. Apenas divergem sobre qual o melhor remédio para a crise. Nada de anormal divergir em uma sociedade democrática. No Reino Unido, divergem se o país deve sair ou não da União Europeia, por exemplo.

Vamos discordar, debater, mas vale a pena destruir uma amizade por causa da Dilma, do Cunha, do Temer? Eu acho que não.

Guga Chacra, blogueiro de política internacional do Estadão e comentarista do programa Globo News Em Pauta em Nova York, é mestre em Relações Internacionais pela Universidade Columbia. Já foi correspondente do jornal O Estado de S. Paulo no Oriente Médio e em NY. No passado, trabalhou como correspondente da Folha em Buenos Aires

Comentários na minha página no Facebook. Peço que evitem comentários islamofóbicos, antissemitas, anticristãos e antiárabes ou que coloquem um povo ou uma religião como superiores. Também evitem ataques entre leitores ou contra o blogueiro.  Não postem vídeos ou textos de terceiros. Todos os posts devem ter relação com algum dos temas acima. O blog está aberto a discussões educadas e com pontos de vista diferentes. Os comentários dos leitores não refletem a minha opinião e não tenho condições de monitorar todos os comentários

Acompanhe também meus comentários no Globo News Em Pauta, no Twitter @gugachacra , no Facebook Guga Chacra (me adicionem como seguidor) e no Instagram