As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Você conhece alguma democracia no mundo árabe?

gustavochacra

28 Outubro 2014 | 12h15

Há duas histórias de sucesso no mundo árabe neste momento. A primeira, que falo hoje, é a consolidação da democracia na Tunísia. Neste fim de semana, o país realizou eleições legislativas. O partido secular Nidaa venceu o religioso moderado Enhada. Os derrotados aceitaram a derrota, sem problemas, nesta nação onde começou a Primavera Árabe.

Sem dúvida, a democracia tunisiana ainda não é perfeita. Mas avançou muito em pouco menos de quatro anos. Vejam quantos anos demoraram para a redemocratização se consolidar no Brasil e no Chile. Não foi de um dia para o outro. E a Tunísia está no caminho certo.

Quando disserem que não há democracia no mundo árabe, vocês já podem responder que há sim – a Tunísia. Além, claro, do Líbano, que possui uma democracia sectária. O Kuwait também tem uma certa liberdade democrática, assim como o Marrocos. O Yemen e o Iraque possuem eleições livres, mas a enorme instabilidade destes países nos impedem de chamar de democracias.

Qual a segunda história de sucesso no mundo árabe? Escreverei em outro post.


Não sei como faz para publicar comentários. Portanto pediria que comentem no meu Facebook (Guga Chacra)  e no Twitter (@gugachacra), aberto para seguidores

Guga Chacra, comentarista de política internacional do Estadão e do programa Globo News Em Pauta em Nova York, é mestre em Relações Internacionais pela Universidade Columbia. Já foi correspondente do jornal O Estado de S. Paulo no Oriente Médio e em NY. No passado, trabalhou como correspondente da Folha em Buenos Aires

Comentários islamofóbicos, antissemitas, anticristãos e antiárabes ou que coloquem um povo ou uma religião como superiores não serão publicados. Tampouco são permitidos ataques entre leitores ou contra o blogueiro. Pessoas que insistirem em ataques pessoais não terão mais seus comentários publicados. Não é permitido postar vídeo. Todos os posts devem ter relação com algum dos temas acima. O blog está aberto a discussões educadas e com pontos de vista diferentes. Os comentários dos leitores não refletem a opinião do jornalista

Acompanhe também meus comentários no Globo News Em Pauta, na Rádio Estadão, na TV Estadão, no Estadão Noite no tablet, no Twitter @gugachacra , no Facebook Guga Chacra (me adicionem como seguidor), no Instagram e no Google Plus. 

Mais conteúdo sobre:

Guga Chacra