Chavismo blindado

Lourival Sant’Anna

24 Abril 2016 | 10h39

Uma democracia é um acordo de cavalheiros e damas, um arranjo delicado. Existem muitas regras objetivas que a garantem, mas a democracia depende também de uma adesão subjetiva a seus valores. De aberração em aberração, os venezuelanos perderam os parâmetros do funcionamento normal de uma democracia. Na minha coluna dominical no Estadão, analiso a estratégia do chavismo de permanência no poder, e as táticas inócuas adotadas pela oposição para tentar antecipar o fim do regime.

Clique aqui para ler a coluna.