De bandeja para Putin

Lourival Sant’Anna

10 Dezembro 2017 | 14h42

Que diferença uma palavra pode fazer: “Ocidental”. Foi ela que faltou no anúncio do presidente Donald Trump, ao reconhecer Jerusalém como a capital de Israel. A omissão é proposital. As consequências são vastas. Mais uma vez, os Estados Unidos cedem espaço para a Rússia no Oriente Médio. Vladimir Putin o ocupará imediatamente: ele parte nesta segunda-feira para Egito e Turquia.

Clique aqui para ler minha coluna no Estadão