Yamal

Os Nenets habitam a Península de Yamal, região no Círculo Polar Ártico, a cerca de 2 mil km de Moscou na Rússia. Eles sobreviveram ao período dos Czares, à Revolução Bolchevique e ao fim do comunismo. Mas agora enfrentam seu maior desafio: sobreviver a exploração de gás natural e petróleo em suas terras, anunciada pelo Primeiro Ministro russo Vladimir Putin. 'Para eles é sorte, para nós o terror', disse Herder Andrei Yezgini, 20 anos, morador da região, referindo-se aos planos ambiciosos da gigante estatal Gazprom. Os Nenets são nômades que migram de norte a sul pela península e percorrem cerca de 150 km por ano. Vivem em barracas iluminadas por lampiões a querosene e cozinham em fogões a lenha. Criam renas e alimenta-se de pesca. Povoam a vasta região de tundras. Por séculos, este povo que hoje são cerca de 42 mil pessoas, ocupam a península. Ambientalistas e os Nenets dizem que a exploração petrolífera poderá destruir e poluir a região. Entre os Nenets, Yamal significa 'fim do mundo'. As fotografias são de Denis Sinyakov da agência Reuters. Fonte: Reuters

Estadão

19 Novembro 2009 | 09h10

Foto: Denis Sinyakov/Reuters

Uma criança descansa em uma tenda tradicional. Yamal, 04/08/2009. Foto: Denis Sinyakov/Reuters

Foto: Denis Sinyakov/Reuters

Mulheres nenets posam para fotografia. Yamal, 04/08/2009. Foto: Denis Sinyakov/Reuters

Foto: Denis Sinyakov/Reuters

Um homem da tribo arma tenda. Yamal, 04/08/2009. Foto: Denis Sinyakov/Reuters

Foto: Denis Sinyakov/Reuters

Uma mulher alimenta animal. Yamal, 04/08/2009. Foto: Denis Sinyakov/Reuters

Foto: Denis Sinyakov/Reuters

Manada de veados que vivem na região. Yamal, 04/08/2009. Foto: Denis Sinyakov/Reuters

Foto: Denis Sinyakov/Reuters

Vista aérea da região. Yamal, 04/08/2009. Foto: Denis Sinyakov/Reuters

Foto: Denis Sinyakov/Reuters

Um homem laça rena no meio da manada. Yamal, 04/08/2009. Foto: Denis Sinyakov/Reuters

Foto: Denis Sinyakov/Reuters

Um homem observa as renas. Yamal, 04/08/2009. Foto: Denis Sinyakov/Reuters

Foto: Denis Sinyakov/Reuters

Nenets são nômades e ocupam a península por séculos. Yamal, 04/08/2009. Foto: Denis Sinyakov/Reuters

Foto: Denis Sinyakov/Reuters

Uma mulher no meio das renas. Yamal, 04/08/2009. Foto: Denis Sinyakov/Reuters

Foto: Denis Sinyakov/Reuters

Mulher com uma criança em frente a uma tenda típica. Yamal, 04/08/2009. Foto: Denis Sinyakov/Reuters

Foto: Denis Sinyakov/Reuters

Uma mulher posa com câmera fotográfica. Yamal, 04/08/2009. Foto: Denis Sinyakov/Reuters

Foto: Denis Sinyakov/Reuters

Crianças da tribo nenets dentro da tenda. Yamal, 04/08/2009. Foto: Denis Sinyakov/Reuters

Foto: Denis Sinyakov/Reuters

Nenets percorrem cerca de 150 km no ano. Yamal, 04/08/2009. Foto: Denis Sinyakov/Reuters

Foto: Denis Sinyakov/Reuters

Um homem prepara o peixe para a refeição. Yamal, 04/08/2009. Foto: Denis Sinyakov/Reuters

Foto: Denis Sinyakov/Reuters

Uma criança brinca com sua bola. Yamal, 04/08/2009. Foto: Denis Sinyakov/Reuters