1. Usuário
Assine o Estadão
assine


Cuba restringe importações. Veja lista

Redação Internacional

01 setembro 2014 | 16:43

Governo cubano mira o mercado negro com novas medidas

O governo de Cuba aumentou as taxas e restringiu as importações de bens de consumo levados ao país por avião ou correio. A medida entrou em vigor nesta segunda-feira, 1, e mira o mercado negro de produtos difíceis de encontrar nas prateleiras ou que são vendidos com altos impostos para proteger o monopólio estatal sobre a venda de bens importados.

As novas regras aumentam as tarifas sobre o preço das embalagens enviadas pelo correio e de produtos populares como Tvs – a maioria passa a custas US$ 100 a mais. Com a medida, a tarifa de uma TV de 32 polegadas passa a ser US$ 250, para TVs entre 32 e 42 polegadas, US$ 400 e para modelos maiores, US$ 500.

Veja lista com as novas medidas: