1. Usuário
Assine o Estadão
assine


Debate republicano terá cobertura exclusiva para Instagram

Redação Internacional

03 março 2016 | 11:36

Telespectadores terão acesso a vídeos e imagens de bastidores, além de momentos não vistos pelo público durante a transmissão oficial

Os pré-candidatos republicanos à corrida presidencial nos EUA se enfrentarão mais uma vez nesta quinta-feira, 3, em Detroit, nos estúdios da Fox News. Donald Trump, Ted Cruz, Marco Rubio e John Kasich participarão do evento, que já é considerado um dos mais importantes, frente às primárias que acontecerão no final de semana em sete Estados.

A novidade do debate desta noite está em sua cobertura. Pela primeira vez, a emissora autorizou a entrada de jornalistas especializados em cobrir debates exclusivamente para a rede social Instagram. Dessa forma, os telespectadores poderão ter acesso a vídeos de bastidores e momentos não vistos pelo público durante a transmissão oficial.

Último debate republicano de 2015, promovido pela emissora CNN, teve a participação de 9 pré-candidatos

Último debate republicano de 2015, promovido pela emissora CNN, teve a participação de 9 pré-candidatos

De acordo com o site Politico, o conteúdo será disponibilizado em uma coleção especial que reunirá imagens e vídeos, além de postagens de candidatos e participantes sobre o que acontecer nos bastidores do debate.

Esta também será a primeira vez que Trump estará no mesmo palco que a âncora da emissora Megyn Kelly desde os comentários ofensivos que fez a ela no debate realizado em agosto de 2015. Na ocasião, o empresário fez ataques à Megyn após ela questionar seu histórico de atitudes misóginas, e afirmou “você podia ver que havia sangue saindo dos olhos dela. Sangue saindo de sua… qualquer lugar”.

O Partido Republicano tem pouco tempo para tentar barrar a candidatura de Trump, que venceu 10 das 15 prévias estaduais realizadas até agora e poderá garantir a nomeação se vencer na maioria dos Estados que votarão no final de semana. Grandes doadores republicanos começaram a financiar anúncios com ataques ao bilionário. O establishment poderia tentar impor um nome alternativo durante a disputa, mas seria uma estratégia de alto risco.

Os pré-candidatos na corrida eleitoral dos EUA
EFE/Jim Lo Scalzo
Hillary Clinton, 68 anos, democrata

NA DISPUTA: Além de ter sido primeira-dama, foi senadora pelo Estado de Nova York e a primeira secretária de Estado do presidente Barack Obama, para quem perdeu a disputa interna pela indicação democrata em 2008. Ela permanece na liderança nas pesquisas gerais

Leia mais:

Organização conservadora cancela convite a Trump por ofensas a jornalista

Debate republicano é marcado por frases de impacto e insultos entre pré-candidatos

Em debate republicano, Trump diz que pode concorrer como independente