As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Em gafe, Trump celebra venda de caça que não existe à Noruega

Presidente confunde trecho de pronunciamento sobre venda de jatos F-35 e fala em F-52 - que existe apenas em videogames

Redação Internacional

11 Janeiro 2018 | 15h42

WASHINGTON – O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump cometeu uma gafe durante encontro com a primeira-ministra da Noruega, Erna Solberg, e acabou “criando” um caça que só existe em jogos de videogame.

Na reunião, Trump saudou a aproximação entre os Estados Unidos e o país escandinavo, que fecharam uma compra de caças recentemente.

“Em novembro começamos a entregar os primeiros caças F-52 e F-35”, disse Trump. “Temos um total de 52 a serem entregues e anteciparemos o prazo.”

O problema é que o F-52 existe apenas na ficção. O jogo Call of Duty traz em sua versão de 2014 um avião com essa denominação.

A explicação mais provável para a gafe é que Trump confundiu o texto que foi apresentado a ele para seu pronunciamento, que falava em 52 caças F-35. O presidente inferiu que haveria também caças F-52.

A Lockheed Martin, responsáveis pelos aviões militares, dizem que não há modelos F-52. Dos F-35, a noruega já comprou 22 dos 52 previstos. /WASHINGTON POST

 

Mais conteúdo sobre:

Donald TrumpNoruega