Estadão - Portal do Estado de S. Paulo

Internacional » Guias nepaleses querem mais direitos do Governo

Internacional

Redação Internacional

21 Abril 2014 | 15h08

A avalanche de sexta-feira 18 no Monte Everest deixou pelo menos 13 guias nepaleses mortos. O governo do Nepal anunciou nesta segunda-feira, 21, que vai considerar as demandas dos guias por um valor maior do seguro e regulações que assegurem os seus direitos.

Esse foi o pior acidente registrado no pico mais alto do mundo, com 8.848 metros de altura, em termos de número de mortos. O deslizamento ocorreu a cerca de 6.200 metros de altitude, quando aproximadamente 50 alpinistas, a maioria guias, deslocavam-se do acampamento base I para o II.

Mais conteúdo sobre: