Obama diz que usa pouco o Twitter e não tem celular que grava
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Obama diz que usa pouco o Twitter e não tem celular que grava

Presidente afirmou a um programa americano que não usar a 'última tecnologia' por questões de segurança

Redação Internacional

13 Março 2015 | 12h40

Obama participa de programa da 'ABC' - Foto: Jonathan Ernst/Reuters

Obama participa de programa da ‘ABC’ – Foto: Jonathan Ernst/Reuters

LOS ANGELES – O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, disse que não envia mensagens de texto, raramente escreve seus próprios tuítes e não é autorizado a ter um smartphone com capacidade de gravação por questões de segurança.

“Em geral, eu não tuíto pessoalmente”, disse o presidente, na quinta-feira, em entrevista no programa Jimmy Kimmel Live, da emissora ABC. “Não mando mensagens de texto. Mando e-mails. Ainda tenho um Blackberry”, acrescentou.

Obama disse que suas filhas adolescentes têm smartphones e trocam mensagens com suas amigas, mas que ele foi impedido por razões de segurança de ter a última geração de tecnologia.

Em referência à controvérsia dos e-mails de Hillary Clinton, ex-secretária de Estado de Obama, o apresentador Jimmy Kimmel perguntou se o presidente tinha o novo endereço de e-mail dela. “Não posso compartilhar com você. Eu acho que ela não ia querer que você tivesse, de verdade”, disse Obama, brincando.

Hillary, considerada favorita para concorrer à Presidência em 2016 pelo Partido Democrata, foi criticada por ter usado uma conta de e-mail pessoal durante sua passagem pela chefia do Departamento de Estado.

Perguntado sobre sua vida em geral na Casa Branca, Obama disse que faz tempo que não cozinha ou dirige e brincou sobre pessoas que acreditam que ele não nasceu nos EUA. “No Quênia nós dirigimos do outro lado da rua”, disse Obama. O presidente nasceu no Havaí, a mãe dele é do Kansas e o pai, do Quênia. /REUTERS