Estadão - Portal do Estado de S. Paulo

Internacional

Internacional » Partes de imperador chinês que reinou por 27 dias são descobertas em Jiangxi

Internacional

Partes de imperador chinês que reinou por 27 dias são descobertas em Jiangxi
As informações e opinões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Internacional

CHINA

Partes de imperador chinês que reinou por 27 dias são descobertas em Jiangxi

As partes de Liu He, que foi coroado aos 18 anos, foram encontradas em um caixão nos arredores da cidade de Nanchang. Por burlar as normas de luto pela morte do monarca anterior, foi destituído rapidamente

Redação Internacional

03 Março 2016 | 07h00

PEQUIM – Os restos mortais do imperador chinês Liu He, cujo reinado, de apenas 27 dias, é um dos mais curtos da História, foram achados por uma equipe de arqueólogos na província sudeste chinesa de Jiangxi, anunciou na quarta-feira o chefe das escavações, Xin Lixiang, citado pela agência oficial Xinhua.

As partes de Liu He, que governou de 18 de julho a 14 de agosto do ano 74 a.C., durante a dinastia Han, foram encontradas em um caixão nos arredores da cidade de Nanchang, a capital provincial, e selos reais descobertos no interior parecem corroborar a autenticidade do túmulo. O local começou a ser escavado há cinco anos, mas até agora ainda não havia sido possível provar se a tumba pertencia a ele.

Selos reais descobertos no interior do caixão parecem corroborar a autenticidade do túmulo (Foto: Xinhua)

Neto e sobrinho de imperadores, Liu He foi coroado aos 18 anos, mas em seus primeiros dias de reinado deu cargos de alta responsabilidade a amigos e realizou grandes festas – burlando as normas de luto pela morte do monarca anterior -, fatos que lhe custaram uma rápida destituição.

Apesar da curta gestão, ele não é o imperador chinês que menos tempo ocupou o trono. Este é um título disputado por vários candidatos, entre eles uma imperatriz da dinastia Wei (século VI), que tecnicamente reinou somente por cinco horas em 1 de abril de 528, dia em que nasceu. /EFE

Mais conteúdo sobre:

As informações e opinões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Encontrou algum erro? Entre em contato