Pela 1ª vez, rainha Elizabeth delegará a Charles homenagem anual a militares mortos em combate
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Pela 1ª vez, rainha Elizabeth delegará a Charles homenagem anual a militares mortos em combate

Monarca ficará na varanda do Ministério das Relações Exteriores ao lado do duque de Edimburgo enquanto seu primogêntio, Charles, fará a homenagem no monumento

Redação Internacional

11 Outubro 2017 | 15h40

LONDRES – A rainha Elizabeth II assistirá pela primeira vez da varanda do Ministério de Relações Exteriores ao desfile militar de 12 de novembro em memória dos militares mortos em combate, informou um porta-voz da casa real britânica.

A soberana, de 91 anos, romperá com a tradição e será o seu primogênito, Charles, quem fará a homenagem no monumento que lembra os mortos em diferentes conflitos bélicos.

Rainha Elizabeth participa do Dia da Lembrança do ano passado. Foto: AP Photo/Alastair Grant

“A rainha deseja ficar ao lado do duque de Edimburgo e ele estará na varanda”, apontou o porta-voz oficial.


O chamado Remembrance Day (Dia da Lembrança) acontece todos os anos desde o fim da 1ª Guerra em países pertencentes à Commonwealth em memória dos militares que morreram nos dois grandes conflitos bélicos do século passado.

No início deste ano, Philip de Edimburgo, de 96 anos, anunciou que se afastaria dos compromissos oficiais, mas em algumas ocasiões específicas acompanha Elizabeth.

A varanda do edifício do ministério tradicionalmente é utilizada por mulheres da realeza, como a Camilla, a duquesa da Cornualha, e Kate, a duquesa de Cambridge, para acompanhar a cerimônia. / EFE