Snoopy e sua turma são um ‘tesouro americano’, diz Obama
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Snoopy e sua turma são um ‘tesouro americano’, diz Obama

Presidente americano escreveu a introdução do 25.º volume da coletânea das histórias completas da turma do Charlie Brown

Redação Internacional

15 Abril 2016 | 17h12

Snoopy, Charlie Brown e o resto da turma do “Minduim” têm um fã de peso na Casa Branca. Em texto publicado nesta sexta-feira, 15, no site do jornal britânico The Guardian, o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, concedeu às tirinhas o título de “tesouro americano”.

A declaração de amor à turma foi publicada uma semana antes do lançamento do 25.º – e último – volume da coletânea das histórias completas do Snoopy, cuja introdução foi assinada por ninguém menos que Obama.

“Como milhões de americanos, eu cresci com o Snoopy. Mas nunca o superei”, emocionou-se o presidente americano, em texto permeado de lembranças nostálgicas das historinhas. No que se configura como uma prévia do prefácio do livro, o líder da maior economia mundial não poupou elogios aos personagens, que completaram 65 anos em 2015, nem ao autor, Charles Schulz, que morreu aos 77 anos nos anos 2000, depois de quase meio século compartilhando com milhões de leitores assíduos as aventuras da turma. “Ele explorou as emoções que, muitas vezes, esquecemos que as crianças sentem, até sermos lembrados que nós mesmos já sentimos”, observou Obama.

O mérito de Schulz, na visão do presidente americano, está no fato de ele ter tratado a infância com a complexidade que ela merece. “Ele deu voz a todas as alegrias e ansiedades, um espectro de emoções que vai do começo de uma temporada de baseball à agonia que vem ao perder o grande jogo”, ilustrou.

Obama citou sentimentos que vão de esperança e dúvida à auto-análise do que significa ser diferente, além da sensação de conforto de saber que tudo vai dar certo, “mesmo se o conselho de Lucy não for muito bom”, completou. “Por décadas, Snoopy foi nosso cobertor seguro de cada dia. É isso que o faz ser um tesouro americano”, resumiu o presidente, em referência ao cobertor azul carregado pelo personagem Linus nas tirinhas.

O livro, que será lançado na quinta-feira 21, reunirá as histórias publicadas de janeiro de 1999 até o último quadrinho da turma, lançado em fevereiro de 2000, no dia seguinte à morte do autor. “Na última tirinha, Schulz disse que nunca poderia esquecer a turma do Snoopy. Graças a essa série de livros, o resto de nós não a esquecerá. E poderemos compartilhar nosso amor pela turma com nossos filhos e netos por décadas”, concluiu Obama.