1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Adolescente que matou colega de escola no Oregon obteve armas em casa

REUTERS

11 Junho 2014 | 19h 49

O atirador adolescente que matou um colega de classe em uma escola secundária no Estado norte-americano do Oregon na terça-feira estava armado com um rifle de estilo militar e uma pistola semiautomática tiradas da sua casa e não tinha nenhuma relação com a vítima, informou a polícia nesta quarta-feira.

A polícia afirmou que a autópsia do suspeito, Jared Michael Padgett, de 15 anos, confirmou que ele morreu de um tiro autoinfligido depois de trocar tiros com a polícia dentro da escola Reynolds, em Troutdale, um subúrbio de Portland.

O tiroteio, que terminou com o corpo de Padgett sendo encontrado em uma cabine de banheiro no ginásio, foi o terceiro incidente do tipo em uma escola secundária ou universidade dos Estados Unidos em menos de três semanas.

O chefe de polícia de Troutdale, Scott Anderson, disse que Padgett abriu fogo com um rifle estilo AR-15 e também portava uma arma semiautomática que não usou, além de uma faca grande e nove pentes de munição carregados e com capacidade para disparar centenas de projéteis.

“O atirador obteve as armas na casa da sua família”, declarou o policial. “As armas estavam guardadas, mas ele driblou as medidas de segurança”.

(Reportagem de Shelby Sebens, em Portland)