Ao menos 3 vencedores dividem prêmio recorde de loteria nos EUA

O maior prêmio da história da loteria norte-americana, de 640 milhões de dólares, tem pelo menos três vencedores que compraram bilhetes nos Estados de Maryland, Illinois e Kansas, e as autoridades estão esperando que neste sábado os felizardos apareçam para resgatar suas quantias.

DAVID BEASLEY, REUTERS

31 Março 2012 | 12h57

Autoridades lotéricas de Maryland e Illinois afirmaram que os bilhetes vencedores foram comprados em seus estados, e um outro também saiu do Kansas, de acordo com o website local de loterias.

O bilhete de Maryland foi vendido em uma unidade da loja de conveniência 7-Elevan na região de Baltimore, e o de Illinois na pequena cidade de Red Bud, perto de St. Louis. O bilhete premiado do Kansas foi vendido na região norte do Estado, informou o website, embora tenha mantido a cidade em segredo.

"Podemos confirmar que o bilhete vencedor foi vendido em Illinois", afirmou a porta-voz das loterias no Estado, Liz Leonard. Ela disse que o vencedor usou o método "escolha rápida" para decidir os números. Nessa categoria, a máquina de vendas escolhe aleatoriamente os seis números.

Os vencedores cujos bilhetes continham os números sorteados na noite de sexta-feira terão de dividir o prêmio.

"Isso é realmente formidável e histórico", afirmou o diretor das loterias de Maryland, Stephen Martino.

Os números vencedores anunciados em Atlanta foram 2-4-23-38-46, além da mega bola 23. Os vencedores podem receber o pagamento à vista ou em 26 prestações anuais.

Embora o vencedor possa querer permanecer anônimo, em Illinois o Estado é obrigado eventualmente a listar a identidade do vencedor em registros públicos.

Uma autoridade lotérica em Maryland afirmou que o bilhete vencedor no estado também foi escolhido aleatoriamente pela máquina.

Os donos da loja 7-Eleven receberá um bônus de 100 mil dólares por ter vendido o bilhete vencedor, além dos cinco por cento de cada bilhete vendido no valor de 1 dólar, afirmou a autoridade.

Houve muita ansiedade nos EUA antes do sorteio, e mais de um bilhão de bilhetes foram vendidos.

Antes desta sexta, o maior prêmio da loteria norte-americana tinha sido de 390 milhões de dólares, em 2007, dividido entre um apostador da Geórgia e outro de Nova Jersey.

Cerca de metade do dinheiro das loterias vai para os vencedores, 35 por cento fica com os governos estaduais e 15 por cento para comissões aos varejistas e custos.

Não importa quem vença, um dos certos vencedores é sempre o Serviço de Receitas Internas dos EUA. A agência de coleta de impostos taxa os ganhos de mais de 5.000 dólares na loteria a um imposto federal de 25 por cento.

(Reportagem adicional de Teresa Carson, Keith Coffman e Laura Zuckerman)

Mais conteúdo sobre:
EUA LOTERIA RECORDE*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.