Obama vê a reforma da saúde como uma vitória para os norte-americanos

O presidente dos Estados Unidos se mostrou exultante com a aprovação da reforma

AP e Efe

22 Março 2010 | 02h58

"Esta noite respondemos ao chamado da história", declarou Obama. Foto:  Shawn Thew/Efe

 

O presidente norte-americano Barack Obama declarou após a aprovação da reforma da saúde pela Câmara de Representantes (Deputados), que esta foi "uma vitória para a população norte-americana" e "uma vitória do bom senso".

 

Para Obama, a reforma "não resolverá todos os problemas", mas "moverá o país na direção correta". O presidente aproveitou para elogiar a presidente da Câmara dos Representantes, Nancy Pelosi, e outros democratas por terem conseguido a aprovação da reforma.

 

"Nos elevamos acima da política... E demonstramos que somos capazes de fazer grandes coisas", ressaltou o presidente que, em uma alusão ao seu lema de campanha assegurou que "assim é como a mudança parece".

Mais conteúdo sobre:
Barack Obama, EUA, Lei da saúde

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.