Daniel Tapia/Reuters
Daniel Tapia/Reuters

Equador: Comissão legislativa aprova seguimento de pedido de impeachment contra Glas

Ele havia sido condenado em primeira instância por formação de quadrilha no escândalo da Odebrecht

EFE

17 Dezembro 2017 | 15h59

QUITO - A Comissão de Administração Legislativa (CAL) da Assembleia Nacional do Equador aprovou neste domingo, 17, a continuidade de um pedido de impeachment contra o vice-presidente afastado do país, Jorge Glas, condenado em primeira instância a seis anos de prisão por formação de quadrilha no escândalo da Odebrecht.

"Depois de cumprir com o devido processo e com os prazos contemplados pela Constituição e a Lei Orgânica da Função Legislativa, a CAL aprova o envio à Corte Constitucional do processo de impeachment contra o vice-presidente Glas", afirmou o presidente da Assembleia Nacional, o governista José Serrano.

+++ Procuradoria do Equador quer investigar se vice se envolveu no caso Odebrecht

Na última quarta-feira, um tribunal de primeira instância condenou Glas a seis anos de prisão por envolvimento no escândalo de corrupção da Odebrecht no país. O vice-presidente já anunciou que recorrerá da decisão. /EFE

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.