Reproduação
Reproduação

Grupo organiza passeata contra Chávez através do Twitter

No site do grupo internautas podem se inscrever para serem os organizadores da manifestação mundial

Giovanna Montemurro, do estadao.com.br,

27 Agosto 2009 | 17h03

Um grupo venezuelano convocou através de mídias sociais como o Facebook e o Twitter uma manifestação mundial contra o presidente Hugo Chávez. O grupo, chamado No más Chávez, marcou o ato para o próximo dia 4 de setembro.

 

No site do grupo, nomaschavez.org, os internautas podem se inscrever para serem os organizadores da manifestação mundial em suas cidades. O site conta também com a ligação para o Twitter e Facebook do grupo, além de um relógio que faz a contagem regressiva para o ato.

 

"Estamos cansados que o presidente Hugo Chávez nos insulte, insulte a América Latina e o mundo e tente nos impor às custas de mentiras, de medo e má educação a sua revolução anacrônica e delirante", dizem os organizadores no site.

 

"Por essa razão na sexta-feira, 4 de setembro, será o povo que lhe dirá não mais, sairemos todos em uma pacífica marcha para dizer em uma só voz que estamos cansados de Chávez."

 

No Twitter do grupo são postados conteúdos contra o presidente, pedidos de colaboração e informações sobre a organização. Segundo um dos twits, a manifestação já conta com 60 mil membros e pretende atingir a marca de 100 mil.

 

Já no Facebook, além dessas informações e palavras de ordem, aqueles querem organizar manifestações em suas cidades usam a comunidade MARCHA MUNDIAL CONTRA CHAVEZ EL 4 DE SEPTIEMBRE!! para entrar em contato com outros membros da comunidade que estejam interessados.

Mais conteúdo sobre:
Hugo Chávez Venezuela

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.