AP Photo/Miguel Tovar
AP Photo/Miguel Tovar

Após terremoto, legisladores mexicanos propõem aumento de imposto para reconstrução

Desastres no mês de setembro provocaram danos de mais de U$ 2 bilhões

O Estado de S.Paulo

19 Outubro 2017 | 05h02

CIDADE DO MÉXICO - Uma comissão no Congresso mexicano está organizando uma proposta para conseguir recursos e reconstruir as áreas mais danificadas pelos dois terremotos que aconteceram no mês de setembro.  Para isso, a ideia é aumentar a taxação sobre o petróleo e o câmbio, e criar um fundo com o valor arrecadado. 

Uma comissão financeira concordou com a proposta de aumentar os impostos sobre o petróleo de U$ 46 por barril para  U$ 48,5. A taxação sobre o câmbio deve sair de 18,1 para 18,4 pesos, de acordo com o jornal mexicano La Jornada.

+++ Peña Nieto anuncia etapas de ação para reconstruir México após terremoto

Uma porta-voz do ministério das finanças confirmou que a comissão fez alterações na proposta para o orçamento. Com as mudanças, o objetivo é ter mais receita para investir nas reformas e reconstruções das áreas mais destruídas pelos dois terremotos, que causaram danos de mais de U$ 2 bilhões.

+++ Ao menos 2,5 milhões de pessoas precisam de ajuda após terremoto no México

Como acontece no sistema brasileiro, o texto da proposta deverá passar pela aprovação da "baixa casa" do Congresso, que no Brasil seria a Câmara dos Deputados, e só então poderá ser encaminhada para o Senado.

Em setembro, o presidente mexicano Enrique Peña Nitero afirmou que fundos seriam necessários para reconstruir áreas públicas. /REUTERS

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.