Raúl Castro destitui vice-presidente de gabinete e ministro do Açúcar

Segundo governo, vice cometeu erros e ministro reconheceu deficiências que lhe foram apontadas

03 Maio 2010 | 22h24

Efe

 

HAVANA- O presidente de Cuba, Raúl Castro, destituiu nesta segunda-feira, 3, Jorge Luis Sierra Cruz, um dos vice-presidentes de seu governo e ministro de Transporte, e Luis Manuel Ávila González, ministro do Açúcar, segundo uma nota oficial divulgada pela televisão estatal.

 

No caso de Sierra Cruz, a destituição se deve a "erros cometidos no desempenho de suas funções", enquanto a substituição de Ávila González ocorre porque "solicitou sua liberação ao reconhecer as deficiências de seu trabalho que lhe foram apontadas".

 

"Aos companheiros Jorge Luis Sierra Cruz e Luis Manuel Ávila González serão destinadas outras tarefas", segundo a nota do Conselho de Estado lida no noticiário da televisão oficial.

 

A vice-presidência será ocupada por Antonio Enrique Lussón Batlle, membro do Comitê Central Comunista, comandante da Revolução e general de divisão das Forças Armadas, que atualmente dirigia o sistema ferroviário do país.

 

À frente do Ministério de Transportes estará César Ignacio Arocha Masid, militar de 51 anos, agora diretor geral de alimentos a granel.

 

Como novo ministro do Açúcar,ficou designado Celso García Ramírez, de 53 anos, que era vice-ministro deste departamento.

 

A última mudança de gabinete realizada por Raúl Castro ocorreu em 9 de março, quando nomeou o general de brigada Ramón Martínez à frente do Instituto de Aeronáutica Civil, antes presidido pelo general de divisão Rogelio Acevedo.

 

Os atos de hoje se somam a uma grande lista de mudanças que o general Castro tem realizado em seu gabinete desde que assumiu a presidência como titular em fevereiro de 2008.

 

Em março de 2009, Castro implementou a maior reestruturação do governo dos últimos 15 anos, com a saída definitiva do Executivo de quatro vice-presidentes e oito ministros.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.