Foto: Mario Tama|AFP
Foto: Mario Tama|AFP

Ventos que estimularam incêndios na Califórnia devem voltar com força

Vento de Santa Ana forçou evacuações de cerca de 200 mil pessoas

O Estado de S.Paulo

10 Dezembro 2017 | 10h28

CALIFÓRNIA - O vento de Santa Ana, que estimulou incêndios no sul da Califórnia, destruindo centenas de edifícios e forçando evacuações de cerca de 200 mil pessoas, deve voltar com força neste domingo (10), disseram autoridades locais.

Os ventos e o terreno acidentado dificultaram os esforços de combate a incêndios, disseram autoridades. "O incêndio continua a ameaçar estruturas em várias partes das cidades de Ventura, Ojai, Casitas Springs, Santa Paula, Carpinteria, Fillmore e as áreas não incorporadas do condado de Ventura e Matilija Canyon", disse Cal Fire em uma atualização de sábado à noite. 

+ Autoridades confirmam uma morte relacionada a incêndios na Califórnia

Os bombeiros ganharam algum terreno lutando contra os incêndios que aconteceram na semana passada, já que os ventos diminuíram no sábado. Pelo menos uma pessoa morreu. As chamas Skirball, em Los Angeles, foram contidas em 75%, enquanto a Creek e Rye Fires, no condado de Los Angeles, estavam em 80% e 65% contidas, disseram autoridades. O maior foco, o Thomas Fire, já atingiu 155 mil hectares no condado de Ventura e foi contido em 15%, de acordo com o Departamento de Silvicultura e Proteção contra Incêndios da Califórnia (Cal Fire), em comunicado emitido no sábado à noite.

Carros ficaram destruídos devido ao incêndio que atinge o Estado da Califórnia. Primeira morte foi confirmada por autoridades

As autoridades também levaram as ordens de evacuação para os municípios de Ventura e Santa Bárbara. Mas o Serviço Nacional de Meteorologia prevê que as altas velocidades do ventos aumentem. 

++ Fogo consome lucro da maconha na Califórnia

As chamas destruíram quase 800 construções e uma mulher de 70 anos morreu nesta quarta-feira, 6, em um acidente de carro enquanto tentava fugir das chamas no condado de Ventura. Virginia Pesola morreu de "feridas decorrentes de inalação de fumaça e lesões térmicas", disse o médico que examinou a senhora no Condado de Ventura, Christopher Young.

O governador da Calfornia, Jerry Brown, declarou situação de emergência na semana passada para os condados de Santa Barbara, San Diego, Los Angeles e Ventura, liberando recursos adicionais para combater os incêndios. O presidente Donald Trump emitiu uma nota federal que permite que as agências coordenem os esforços de socorro. /REUTERS

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.