Cinzas de vulcão fecham 9 aeroportos da Espanha

Nove aeroportos do norte da Espanha permanecerão fechados no mínimo até 14h deste sábado, 8, pelo horário local (9h de Brasília) por conta da nuvem de cinzas do vulcão islandês, que chegou à região carregada pelos ventos. Os terminais fechados são os das cidades de Santiago de Compostela, La Coruña, Vigo, Santiago del Monte (Astúrias), Santander, Burgos, León, Valladolid e Salamanca.

Efe

08 Maio 2010 | 05h26

 

Veja também:

Irlanda reabre aeroportos

 

Fontes do organismo oficial que administra os aeroportos espanhóis (AENA) explicaram que, após o horário determinado, a manutenção do fechamento dependerá da evolução da nuvem de cinzas, que chegou ao espaço aéreo espanhol por volta das 2h (21h de sexta-feira em Brasília).

 

A AENA tomou a decisão por indicação da Agência Europeia para a Segurança na Navegação Aérea (Eurocontrol), depois que foi confirmada a direção tomada pelas cinzas surgidas das erupções

recentes do vulcão islandês.

 

No total, havia 190 voos programados nos aeroportos afetados. Em Santiago estavam previstas 48 operações; La Coruña, 23; Vigo, 26; Astúrias, 38; Santander, 26; Valladolid, 17; León, 8; e Salamanca, 4. Em Burgos não estava programado nenhum voo comercial.

Mais conteúdo sobre:
vulcão Eyjafjallajoku

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.