Nuvem de cinzas de vulcão causa fechamento de aeroporto na Islândia

O aeroporto internacional de Keflavik, próximo a capital, terá seus voos desviados para o norte do país

EFE

14 Maio 2010 | 10h33

COPENHAGUE - Uma mudança na direção dos ventos provocou o deslocamento da nuvem de cinza do vulcão islandês, causando o fechamento temporário do aeroporto internacional de Keflavík, o principal terminal da Islândia, nesta sexta-feira, 14.

 

As autoridades islandesas manterão o aeroporto fechado ao tráfego aéreo pelo menos até 11h (pelo horário de Brasília), e desviaram para o aeroporto de Akureyri, no norte do país, voos que chegaram dos EUA nesta sexta.

 

A nuvem de cinza se movimenta agora em direção oeste e sudoeste e alcançou nas últimas horas, pela primeira vez desde o início da erupção há um mês, localidades situadas a oeste do vulcão, como a de

Selfoss.

 

A erupção do vulcão continua estável, e a nuvem de cinza e gás subiu até seis mil metros de altitude devido a ventos fortes e a uma corrente de ar instável procedente do sul da Islândia, informou o Instituto Meteorológico Islandês.

 

A geleira onde está o vulcão sofreu na quinta-feira quatro pequenos terremotos, que aparentemente não mudaram a intensidade da erupção, e também não há indícios de que ela vá se extinguir em breve, segundo os especialistas.

Mais conteúdo sobre:
Islândia aeroportos cinzas vulcão

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.