Pais franceses impedem filho de cometer chacina em escola

Os pais de um estudante francês de 13 anos impediram que ele matasse professores e cometesse suicídio depois de lerem sobre o plano em seu blog.

REUTERS

17 Novembro 2009 | 17h51

O menino, que não foi identificado, saiu de casa na localidade de Beauvais, ao norte de Paris, portando um rifle de caça e mais de 20 balas, depois de postar em seu blog uma nota em que anunciava a chacina, segundo uma fonte judicial.

Ao lerem a mensagem, os pais avisaram a polícia, que imediatamente mobilizou patrulhas para localizar o menino.

Ao encontrar sua escola cercada por policiais, o garoto abandonou a arma em um matagal e se refugiou em um bar, onde acabou sendo detido, segundo a fonte judicial.

(Reportagem de Sophie Taylor)

Mais conteúdo sobre:
FRANCA CHACINA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.