1. Usuário
Assine o Estadão
assine


Presidente da Câmara inicia novo Governo na Bélgica

Efe

29 Dezembro 2008 | 11h 51

Dez dias após renúncia do primeiro-ministro, Herman van Rompuy começa tarefa de 'formador' de novo Governo

O atual presidente da Câmara dos Deputados belga, Herman van Rompuy, inicia nesta segunda, 29, sua tarefa como "formador" de um novo Governo Nacional dez dias após a renúncia do primeiro-ministro, Yves Leterme, pelo escândalo Fortis.   O democrata-cristão flamengo (CD&V) Van Rompuy aceitou neste domingo, 28, a incumbência do rei Alberto II, apesar de inicialmente ter rejeitado deixar a Presidência do Congresso, e tudo aponta a que o estabelecimento do novo Executivo será rápido.   Segundo a agência de notícias Belga, está previsto que Van Rompuy mantenha nesta manhã reuniões bilaterais com os líderes dos partidos da coalizão - Didier Reynders (MR), Joëlle +Milquet (Cdh), Marianne Thyssen (CD&V), Bart Somers (Open Vld) e Elio di Rupo (PS)- e a continuação um encontro conjunto com todos eles.   Da oposição, o presidente do partido ecologista francófono, Ecolo, Jean-Michel Javaux, assegurou na manhã desta segunda na rádio pública "RTBF" que Van Rompuy conhece muito bem o país e que "é um homem competente" e acrescentou que sua nomeação "é um bom sinal".   Além disso, Javaux considerou que Van Rompuy será respeitado e terá os apoios necessários dentro de seu partido e da coalizão governamental para poder estar à frente do novo Governo antes dom fim do ano.