1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Putin pede a rebeldes pró-Rússia para permitir saída de militares da Ucrânia

REUTERS

28 Agosto 2014 | 19h 22

O presidente russo, Vladimir Putin, pediu a rebeldes pró-Rússia que façam um corredor humanitário no leste da Ucrânia para que as tropas do governo ucraniano, que estão cercadas, deixem o campo de batalha, informou o Kremlin em um comunicado na sexta-feira (horário local).

"Peço às forças de milícia para abrir um corredor humanitário para os militares ucranianos cercados a fim de evitar vítimas, permitir que deixem a área de combate sem impedimento, que se juntem às suas famílias... que os feridos na operação militar recebam ajuda médica urgente", disse ele em um comunicado.

Putin também afirmou que a Rússia continuará a prestar ajuda humanitária aos civis no leste da Ucrânia, menos de uma semana após o primeiro comboio de ajuda da Rússia entregar material para o leste ucraniano e, em seguida, voltar para a Rússia.

(Reportagem de Alexei Anishchuk)