Estadão - Portal do Estado de S. Paulo

Internacional

Internacional » UE retira controles de fronteira em aeroportos de nove países

Internacional

UE retira controles de fronteira em aeroportos de nove países

As nações suprimiram os controles terrestres e marítimos, mas até sábado à noite os mantinham nos aeroportos

0

EFE

30 Março 2008 | 02h57

A partir deste domingo, Estônia, Letônia, Lituânia, Polônia, Hungria, República Tcheca, Eslováquia, Eslovênia e Malta entram para o espaço Schengen, área de livre circulação entre os Estados que fazem parte da chamada Europa sem fronteiras.   Estes países já suprimiram em dezembro passado os controles terrestres e marítimos, mas sábado à noite os mantinham nos aeroportos. "O desmantelamento dos controles nos aeroportos é o passo final em direção a uma conquista única e histórica: 24 países europeus sem fronteiras interiores", disse em comunicado o comissário europeu de Transportes e vice-presidente do Executivo comunitário, Jacques Barrot.   Atualmente, todos os países da UE (União Européia) fazem parte de Schengen exceto Irlanda e Reino Unido, que rejeitaram participar, e Chipre, Bulgária e Romênia, que ainda não completaram as preparações para retirar seus controles.   Além disso, dois Estados não comunitários como Noruega e Islândia fazem parte da Europa sem fronteiras, enquanto está previsto que a Suíça se incorpore este ano.   A área Schengen, que leva o nome do povoado luxemburguês no qual foi assinada sua criação, já abrange quase 405 milhões de pessoas e 3,6 milhões de quilômetros quadrados.   Sua ampliação aos nove países foi aprovada pelos ministros europeus em novembro do ano passado, após verificar que todos cumpriam com os requisitos estabelecidos. Os nove países entraram na UE em 2004.

Mais conteúdo sobre:

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.