581 crianças soldados são soltas em Serra Leoa

A Frente Revolucionária Unida de Serra Leoa entregou hoje à ONU 581 crianças soldados, a última libertação durante um cessar-fogo de uma semana. Dez meninas, entre seis e 11 anos, também foram libertadas. Ao mesmo tempo, a ONU confirmou novos ataques da milícia contra rebeldes no leste do país. Segundo fontes, os milicianos estão tentando recuperar áreas ricas em diamante antes da assinatura de qualquer acordo de paz. Os rebeldes de Serra Leoa travam uma guerra que já dura 10 anos pela deposição do governo e pelo controle de minas de diamantes.

Agencia Estado,

25 Maio 2001 | 17h55

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.