1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Alemanha exige que Rússia respeite soberania da Ucrânia

BERLIM - Agência Estado

02 Março 2014 | 10h 54

O ministro das Relações Exteriores da Alemanha, Frank-Walter Steinmeier, declarou há pouco que a Rússia necessita, urgentemente, cessar "qualquer violação à soberania da Ucrânia e à sua integridade territorial", sob o risco de destruir todos os anos de trabalho envolvidos na construção da segurança na Europa.

A Rússia "não tem o direito" de invadir o território soberano da Ucrânia, disse o ministro, acrescentando que Berlim apoia o governo de Kiev. Ao descrever a situação na Crimeia como "altamente perigosa", Steinmeier disse que uma resolução pacífica do conflito ainda é possível, desde que ambos os lados evitem a provocação. "A nova divisão da Europa ainda pode ser evitado", disse o ministro. Fonte: Dow Jones Newswires.

Você já leu 5 textos neste mês

Continue Lendo

Cadastre-se agora ou faça seu login

É rápido e grátis

Faça o login se você já é cadastro ou assinante

Ou faça o login com o gmail

Login com Google

Sou assinante - Acesso

Para assinar, utilize o seu login e senha de assinante

Já sou cadastrado

Para acessar, utilize o seu login e senha

Utilize os mesmos login e senha já cadastrados anteriormente no Estadão

Quero criar meu login

Acesso fácil e rápido

Se você é assinante do Jornal impresso, preencha os dados abaixo e cadastre-se para criar seu login e senha

Esqueci minha senha

Acesso fácil e rápido

Quero me cadastrar

Acesso fácil e rápido

Cadastre-se já e tenha acesso total ao conteúdo do site do Estadão. Seus dados serão guardados com total segurança e sigilo

Cadastro realizado

Obrigado, você optou por aproveitar todo o nosso conteúdo

Em instantes, você receberá uma mensagem no e-mail. Clique no link fornecido e crie sua senha

Importante!

Caso você não receba o e-mail, verifique se o filtro anti-spam do seu e-mail esta ativado

Quero me cadastrar

Acesso fácil e rápido

Estamos atualizando nosso cadastro, por favor confirme os dados abaixo