1. Usuário
Assine o Estadão
assine


Alemanha: Rússia deve apoiar plano de paz na Ucrânia

AE - Agência Estado

23 Junho 2014 | 14h 56

A Rússia deve seguir suas palavras e apoiar ainda mais o plano de paz proposto pelo governo da Ucrânia, caso contrário correrá o risco de sanções mais amplas do Ocidente, afirmou o porta-voz do governo alemão nesta segunda-feira, Steffen Seibert.

"Nós sempre dissemos que consequências de longo alcance não poderão ser descartadas", disse Seibert. "Até agora, os comentários russos sobre o plano de paz exibem um certo grau de apoio com relação ao fim da violência separatista, no entanto, no que diz respeito à situação ainda não segura na fronteira, esperamos mais do que apenas palavras, esperamos posições claras e ações do lado russo."

O presidente ucraniano, Petro Poroshenko, ofereceu um plano de paz unilateral nesta sexta-feira e está em negociações com os rebeldes, que sinalizam para aderir ao cessar-fogo nesta semana.

Apesar de apoiar publicamente o plano de paz, o presidente da Rússia, Vladimir Putin, tem prestado pouca assistência às negociações. Fonte: Dow Jones Newswires.