Alerta para aviação chega ao nível máximo em Bali devido a vulcão

Alerta para aviação chega ao nível máximo em Bali devido a vulcão

Vulcão Agung lançou nuvens de cinza até quatro mil metros de altura

EFE

26 Novembro 2017 | 05h02

As autoridades da ilha indonésia de Bali elevaram neste domingo, 26, o nível de alerta para aviação ao máximo (vermelho) por causa do aumento de atividade do vulcão Agung, que lançou nuvens de cinza até 4 mil metros de altura, segundo fontes oficiais.

Cerca de 20 voos com destino a Bali e procedentes da cidade foram cancelados ontem à noite e mais de 2.000 pessoas ficaram nos aeroportos , apesar de as autoridades dizerem que "a ilha é segura" e o aeroporto funciona "com normalidade".

"O aeroporto internacional Gusti Ngurah Rai (em Bali) continua sendo seguro e normal. O aeroporto internacional de Lombok (a 50 quilômetros a oeste) também está normal", declarou Sutopo Purwo Nugroho, diretor de informação da Agência Nacional de Gestão de Desastres (BNBP, em indonésio), em comunicado.

+++ Câmera flagra erupção de vulcão

A BNBP mantém o nível de alerta de erupção 3 (o máximo é 4) e informou que a chuva de cinzas pode atingir pelo menos sete populações da ilha.

Nugroho pediu que a população local e os turistas mantenham a calma, e que tomem precauções devido ao efeito da chuva de cinzas. Ele lembrou que a região de segurança permanece em um raio de entre 6 e 7,5 quilômetros ao redor da cratera.

O vulcão Agung fica no leste da ilha, no distrito de Karangasem e longe da maioria das atrações turísticas de Bali. /EFE

Mais conteúdo sobre:
Indonésia [Ásia] Vulcão Aviação

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.