Ao menos 14 pessoas morrem após inundações no noroeste do Irã

Outras 37 pessoas estão desaparecidas

O Estado de S.Paulo

15 Abril 2017 | 04h18

TEERÃ - Pelo menos 14 pessoas morreram e outras 37 estão desaparecidas depois das inundações provocadas pelas fortes chuvas que afetaram o noroeste do Irã desde a última sexta-feira, 14. “Foram encontrados os corpos de doze pessoas, três mulheres e nove homens”, disse o prefeito de Ajabshir à agência Irna.

Segundo o canal público de televisão Irib, outras duas pessoas morreram na localidade de Azarshahr. As duas regiões estão situadas na província de Azerbaiyán Occidental. O balanço pode se agravar porque as chuvas continuam na região.

A rede de televisão mostrou imagens de carros sendo arrastados pela corrente enquanto os serviços de socorro, incluindo a Cruz Vermelha, o exército e a Guarda Revolucionária, foram implantados na área para atender as vítimas. /AFP

Mais conteúdo sobre:
Irã Cruz Vermelha

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.