Ao menos quatro morrem em confrontos com a polícia em Moçambique

População protesta contra aumento de preços de produtos básicos como pão e água

Reuters e Associated Press

01 Setembro 2010 | 08h52

 

MAPUTO - Um canal de televisão fechado do Moçambique informou nesta quarta-feira, 1º, que pelo menos quatro pessoas morreram nos enfrentamentos da população com a polícia local por conta do aumento repentino de preços de produtos básicos como água, pão e gasolina. Há versões, porém, que dão conta de seis mortos.

 

Segundo a S-TV, três adultos e uma criança foram levados para um hospital, e todos foram declarados como mortos. A agência de notícias Lusa informou que mais duas pessoas morreram e outras 11 ficaram feridas. Segundo o canal, em algumas áreas a polícia está usando munição por falta de balas de borracha.

 

Os protestos tiveram início nesta quarta, quando a população foi às ruas protestar contra o aumento repentino do preço de produtos básicos. O pão, por exemplo, teve um reajuste de 25%.

 

Mais conteúdo sobre:
Moçambique protestos África

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.