1. Usuário
Assine o Estadão
assine
  • Comentar
  • A+ A-
  • Imprimir
  • E-mail

Ataque aéreo a prisão comandada pela Al-Qaeda deixa mortos

- Atualizado: 09 Janeiro 2016 | 11h 59

Observatório Sírio para os Direitos Humanos diz que houve 39 vítimas; já o Comitê de Coordenação Local fala em 51

Homem carrega corpo de vítima ferida no ataque aéreo na cidade de Maaret al-Numan, no noroeste da Síria

Homem carrega corpo de vítima ferida no ataque aéreo na cidade de Maaret al-Numan, no noroeste da Síria

DAMASCO - Ativistas relataram que um ataque aéreo a uma prisão comandada pela filial do grupo Al-Qaeda na Síria matou pelo menos 39 pessoas. O Observatório Sírio para os Direitos Humanos, baseado na Grã-Bretanha, disse que entre os mortos, há muitos combatentes da Frente Nusra, bem como alguns detidos na cidade de Maaret al-Numan, no noroeste do país.

O Comitê de Coordenação Local, outro grupo ativista, disse que o ataque aéreo matou 51 pessoas. Dados conflitantes são comuns no rescaldo de ataques aéreos na Síria. O Observatório disse que os aviões dispararam quatro mísseis que atingiram o tribunal islâmico, que inclui uma cadeia, e também uma estrada próxima, que liga o tribunal a um mercado. /AP

 

Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Estadão.
É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Estadão poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Você pode digitar 600 caracteres.

Mais em InternacionalX