1. Usuário
Assine o Estadão
assine


Ataques aéreos de Israel matam ao menos 10 soldados sírios

O Estado de S. Paulo

23 Junho 2014 | 09h 37

Força aérea israelense afirmou que ação foi resposta ao ataque que partiu da Síria e matou um adolescente nas Colinas do Golan

BEIRUTE - Pelo menos dez soldados sírios morreram em ataques aéreos do Exército de Israel contra alvos militares do país vizinho, declarou nesta segunda-feira, 23, o diretor do Observatório Sírio de Direitos Humanos, Rami Abderrahman.

Caças-bombardeiros israelenses lançaram nove ataques contra sete postos militares no território sírio próximos à região do Golan ocupada por Israel, acrescentou o ativista em conversa telefônica com a agência Efe. Até o momento, as autoridades de Damasco não confirmaram as informações.

As Forças Armadas israelenses anunciaram que o ataque de seus aviões a nove alvos militares na Síria foi uma resposta ao ataque de domingo, procedente do território sírio e que resultou na morte de um adolescente israelense nas Colinas de Golan.

Entre os alvos atingidos, de acordo a informação militar divulgada nesta segunda, estão quartéis-gerais militares e plataformas de lançamento pertencentes ao Exército sírio.

Israel considera o ataqu de domingo um ato premeditado e não um incidente. Um projétil foi atirado contra um veículo civil que estava próximo à fronteira com a Síria. Essa foi a primeira vez que um cidadão israelense foi morto nas Colinas do Golan desde o início da guerra civil síria, em 2011.

Nos últimos anos, vários projéteis e balas perdidas procedentes do território sírio alcançaram o território controlado por Israel e, embora não tenha causado vítimas, foram respondidos pelo Exército israelense. / EFE