Ataques terroristas aumentam 175% em países ocidentais

Número passou de 35, em 2015, para 96 no ano passado

O Estado de S.Paulo

06 Abril 2017 | 03h55

PARIS - O número de ataques terroristas aumentou 14% no mundo em 2016 e 175% em países ocidentais em comparação com o ano anterior, indicou um estudo da corretora de seguros Aon publicado nesta quinta-feira, 6. 

No ano passado, foram realizados 4.151 atos de terrorismo no mundo, frente aos 3.633 de 2015, segundo a contagem dos especialistas da Aon. Nos países ocidentais, o número passou de 35 para 96 em 2016. 

Apesar do aumento nos países ocidentais, eles só representam 3% dos casos de terrorismo no mundo, afirmaram os analistas. 

Houve 17 países classificados classificados no nível mais alto de terrorismo. Pelo segundo ano seguido, mais países subiram na escala de risco (19) do que caíram (11).

"O cenário não é cor de rosa para 2017", disse Louis Bollaert, diretor de riscos políticos da Aon França. "Não vemos razão para que a situação melhore. O efeito acumulado de riscos políticos, econômicos e terroristas se conjuga para criar um clima extremamente incerto". 

A Aon considera ainda pouco provável que os riscos de violência política decresçam em 2017. "As perdas territoriais do Estado Islâmico no Iraque e na Síria conduzirão, provavelmente, à dispersão da rede jihadista, criando sérios riscos para dezenas de países da região e fora dela, em particular na Europa e na Ásia", afirmou Bollaert. / AFP

 

Mais conteúdo sobre:
PARIS Síria Europa Ásia

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.