Atentado contra xiitas mata um e fere 100 em Bangladesh

Três bombas explodiram durante procissão; Estado Islâmico reivindica atentado

O Estado de S.Paulo

24 Outubro 2015 | 18h00

DACA - Um jovem de 16 anos morreu e cerca de 100 pessoas ficaram feridas em consequência de três explosões simultâneas em Daca, capital de Bangladesh. O Estado Islâmico (EI) assumiu a responsabilidade pelos atos, que visaram uma área com grande concentração de muçulmanos xiitas. No momento do ataque havia entre 3 mil e 4 mil pessoas no local, preparando-se para a procissão de Ashura, o 10ºdia do mês sagrado do Muharram. O ataque foi considerado “atípico” pelas autoridades policiais, já que Bangladesh é considerado um país islâmico moderado. Os xiitas representam 1% da população do país. “É uma nova tendência. Trata-se provavelmente do primeira ataque am anos”, diz Shafqat Munir, do Instituto parta Estudos de Paz e Segurança de Bangladesh. O governo negou a presença do EI no país e considera o atentado uma conspiração local de forças opositoras ao governo. Fontes: EFE e Reuters.

Mais conteúdo sobre:
Estado Islâmico Bangladesh

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.