AP Photo/Christophe Ena
AP Photo/Christophe Ena

Atentado em Paris terá ‘grande impacto’ nas eleições francesas, afirma Trump

Presidente americano utilizou sua conta no Twitter para comentar o primeiro turno da votação, que será realizado no domingo; Egito, Arábia Saudita, Jordânia, Catar e Líbano condenaram o ataque e enviaram condolências ao povo francês

O Estado de S.Paulo

21 Abril 2017 | 11h14

WASHINGTON - O presidente dos EUA, Donald Trump, assegurou nesta sexta-feira, 21, que o ataque terrorista da véspera em Paris, o qual deixou um policial morto e dois feridos, terá um "grande impacto" nas eleições francesas de domingo.

O mandatário fez a declaração em sua conta no Twitter, ao falar sobre o primeiro turno das eleições francesas.

O suposto terrorista, de 39 anos e nacionalidade francesa, foi abatido pela polícia. O grupo jihadista Estado Islâmico (EI) reivindicou a autoria do ataque realizado na avenida Champs-Elysées.

Reações. Vários países árabes condenaram o atentado. Egito, Arábia Saudita, Jordânia, Catar e Líbano mostraram sua rejeição ao ocorrido e enviaram suas condolências ao povo francês e a seu governo.

O Ministério de Assuntos Exteriores egípcio pediu que se "enfrente com determinação todos os grupos terroristas", enquanto a Jordânia convocou a comunidade internacional a coordenar e cooperar para colocar um fim nestes "atos terroristas".

A instituição egípcia de Al Azhar, principal referência do Islã sunita, também mostrou sua rejeição e destacou que "estes atos terroristas contradizem os princípios religiosos e morais do Islã" e das demais religiões. Ela insistiu na necessidade de planejar uma estratégia global para acabar com o "terrorismo". / AFP e EFE

Encontrou algum erro? Entre em contato

0 Comentários

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.