Ato impede visita de missão diplomática

Quatro líderes africanos cancelaram ontem uma visita ao Mali por causa de uma manifestação - no aeroporto da capital, Bamako - favorável à junta militar que tomou o poder no país no dia 22. Mais cedo, o presidente Amadou Toumani Touré, deposto no golpe de Estado, disse estar a salvo e sem ferimentos. Participariam da missão diplomática os presidentes de Burkina Fasso, Libéria, Costa do Marfim e Benin.

O Estado de S.Paulo

30 Março 2012 | 03h09

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.