AP Photo/DJ Kyle
AP Photo/DJ Kyle

Balsa com 251 pessoas naufraga nas Filipinas

Segundo a Guarda Costeira ainda não é possível divulgar um balanço com o número de mortos

O Estado de S.Paulo

21 Dezembro 2017 | 12h59

MANILA - Uma balsa que transportava 251 pessoas naufragou nesta quinta-feira,21, nas Filipinas. Segundo a Guarda Costeira do país, ainda não é possível divulgar um balanço com o número de mortos.

+ Tufão deixa 41 mortos nas Filipinas

O acidente aconteceu na costa de Real, depois que a balsa "Mercraft 3" zarpou deste porto que fica 70 km ao leste de Manila para seguir até a ilha de Polillo, com condições meteorológicas adversas, indicou Armand Balilo, porta-voz da Guarda Costeira.

De acordo com a rádio DZMM, as equipes de emergência recuperaram os corpos de quatro pessoas na água, assim como vários sobreviventes. “O vento aumentou de repente e a embarcação teve que parar quando a proa começou a encharcar", afirmou à DZMM Donel Mendiola, um estudante que sobreviveu ao naufrágio.  "Alguns (passageiros) nadaram, mas vi pessoas idosas que pareciam estar mortas.”.

Vários helicópteros e navios de resgate foram enviados à região do acidente. A balsa zarpou de Real no momento em que o arquipélago se prepara para a chegada da tempestade tropical Tembin, que deve tocar a terra na manhã de sexta-feira.

A embarcação, no entanto, recebeu autorização para a viagem porque não foi emitido um boletim meteorológico especial para a zona de Real e Polillo, ao leste da ilha principal de Luzon. A embarcação tinha capacidade para 286 pessoas.

O governo aconselhou milhões de filipinos a antecipar as viagens de Natal por causa das condições meteorológicas previstas para os próximos dias.

As balsas são muito importantes no sistema de transportes nas Filipinas, um arquipélago de mais de 7.100 ilhas, sobretudo para milhões de pessoas muito pobres para pagar por viagens de avião. /AFP

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.