Banheiro da Estação Espacial quebra e é interditado

O banheiro da Estação Espacial Internacional (ISS, na sigla em Inglês) quebrou hoje e apresenta vazamentos. A ISS está atualmente com treze pessoas, os cinco habitantes e os sete astronautas americanos do ônibus espacial Endeavour, que chegaram à ISS ontem.

AE-AP, Agencia Estado

19 Julho 2009 | 18h34

O diretor de voo da Nasa, agência aeroespacial norte-americana, Brian Smith, recusou-se a especular sobre as causas do problema no banheiro. "Nós ainda não sabemos qual é a extensão do problema. É muito cedo para dizer", disse.

Smith afirma que a situação não é de emergência, pelo menos por enquanto. Mas ele disse que se o banheiro ficar fora de uso por vários dias, "então nós vamos analisar novamente o problema e ver como vamos enfrentá-lo".

Nesta missão do Endeavour, a Nasa recomendou que pelo menos quatro dos sete astronautas do ônibus espacial usassem o banheiro da ISS, para economizar água. O banheiro interditado fica perto do novo laboratório japonês. Os equipamentos sofisticados do laboratório japonês, que custam milhões, poderão ser danificados ser forem molhados. Segundo Smith, mesmo sem banheiro os astronautas têm outras opções, como usar sacos coletores de urina.

Mais conteúdo sobre:
Endeavour Nasa ISS

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.