Blair nega ter autorizado identificação de inspetor de armas

O primeiro-ministro britânico, Tony Blair, disse nesta terça-feira que não autorizou a identificação de um inspetor de armas como a fonte de um informe da BBC que questionou a veracidade de um documento do governo sobre armas iraquianas. O inspetor, David Kelly, se suicidou na semana passada após ser interrogado por um comitê parlamentar e ao ser identificado pela secretaria (ministério) da Defesa como possível fonte da emissora britânica. A BBC confirmou logo que Kelly havia sido seu informante. ?Eu não autorizei que fosse divulgado o nome de David Kelly?, disse Blair à imprensa durante o vôo entre a cidade chinesa de Xangai e Hong Kong. A secretaria de Defesa se negou a esclarecer quem autorizou a identificação de Kelly até que seja encerrada a investigação judicial sobre seu suicídio. ?Nós nos negamos totalmente a especular?, disse a secretaria, acrescentando que está ?colaborando plenamente? com a investigação. Alguns jornalistas disseram que o organismo ministerial se propôs a confirmar ou negar se haviam identificado corretamente a fonte, e o nome de Kelly veio à luz rapidamente. A BBC provocou a ira do governo em maio com um informe no qual uma fonte não identificada questionava um relatório do governo, de setembro passado, segundo o qual o Iraque estaria em condições de acionar armas químicas ou biológicas em menos de 45 minutos. O jornalista da BBC Andrew Gilligan disse que sua fonte acusou o assessor de imprensa de Blair, Alastair Campbell, de insistir nisso apesar do ceticismo de alguns agentes de inteligência a respeito da veracidade de tal informação. Blair, cujos argumentos em favor da guerra no Iraque se basearam na ameaça que representavam as armas de destruição em massa de Saddam Hussein, sofre crescentes pressões à medida em que se passam as semanas sem que esses armamentos apareçam. Falando sobre a guerra a estudantes da Universidade Tsinghua, uma instituição de elite em Pequim, Blair disse que ?em relação à segurança do mundo e ao sofrimento do povo iraquiano, é melhor que nos tenhamos livrado de Saddam Hussein?. Para ler mais sobre o caso: »Uma cronologia para ajudar a entender o caso David Kelly » Entenda a polêmica dos dossiês britânicos sobre o Iraque » Polícia britânica aponta que especialista se matou »Casa Branca libera documentos da CIA vinculados ao caso do Iraque »Secretaria da Defesa diz que David Kelly falou mesmo com BBC »Escritório de Blair quer investigar caso do especialista em armas »Polícia avança na identificação de corpo de perito em armas britânico »Encontrado corpo na busca por especialista em armas do Iraque

Agencia Estado,

22 Julho 2003 | 11h28

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.