1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Boko Haram sequestra mais 91 pessoas durante ataques na Nigéria

O Estado de S. Paulo

24 Junho 2014 | 08h 55

Grupo terrorista mantém desde abril 200 meninas reféns

LAGOS - O grupo terrorista Boko Haram voltou a atacar na Nigéria e sequestrou pelo menos 91 pessoas, sendo 60 mulheres e meninas, no norte do país, informaram autoridades locais nesta terça-feira, 24 Desde abril, 200 meninas são mantidas reféns do grupo.

Segundo o porta-voz das patrulhas vizinhas Aji Khalil, as mulheres foram sequestradas nas cidades de Kummabza, Yaga e Dagu.

O novo sequestro ocorreu durante uma série de ataques entre quinta-feira 19 e domingo 22 em regiões do Estado de Borno, mas só foi divulgado nesta terça. Quatro pessoas morreram que tentaram escapar foram mortas.

O porta-voz da polícia de Borno, Gideon Jubrin, disse não saber do sequestro. "A delegacia não recebeu nenhum relatório sobre um sequestro de mulheres ou meninas, mas continuaremos investigando."

O Boko Haram, que significa em línguas locais "a educação não islâmica é pecado", luta para impor um Estado islâmico na Nigéria, país de maioria muçulmana no norte e predominantemente cristã no sul. / EFE