Bomba em estrada mata 11 policiais na Índia

Uma bomba na estrada acionada por suspeitos guerrilheiros maoístas matou nesta terça-feira 11 policiais e feriu 29 em uma parte remota do Estado de Maharashtra, no oeste da Índia, afirmou a polícia.

REUTERS

27 Março 2012 | 09h19

Também conhecidos como Naxals, os maoístas lutam contra o governo há décadas em uma larga faixa da Índia central. Eles dizem que estão lutando pelas pessoas que ficaram de fora do longo boom econômico da terceira maior economia da Ásia.

Funcionários da Força de Polícia estavam viajando em um ônibus para remover minas em uma região florestal conhecida por abrigar atividades maoístas quando a explosão atingiu o veículo, afirmou um porta-voz da polícia.

"Eles faziam parte de um grupo para abertura das estradas, limpando o caminho de minas e outros obstáculos antes de uma operação e infelizmente foram envolvidos nisso", disse o porta-voz.

Os mortos e feridos foram retirados de helicóptero para uma cidade próxima, Gadchiroli, cerca de 1.000 quilômetros a leste de Mumbai. Relatos da TV disseram anteriormente que 15 policiais haviam morrido em um acidente atribuído a uma mina terrestre.

(Reportagem de Annie Banerji; reportagem adicional de Henry Foy)

Mais conteúdo sobre:
INDIA EXPLOSAO ESTRADA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.