1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Bombardeio de Israel destrói prédio de 12 andares e fere 22 em Gaza

O Estado de S. Paulo - O Estado de S. Paulo

23 Agosto 2014 | 19h 01

Edifício desabou completamente; Israel foi atingido pelos disparos de dois foguetes a partir do sul do Líbano

Adel Hana/AP
Uma porta-voz militar israelense disse que o prédio, que desabou completamente, era usado como centro de comando por militantes do Hamas

CIDADE DE GAZA - Um ataque aéreo israelense sem precedentes destruiu um edifício residencial de 12 andares no centro da Cidade de Gaza neste sábado, 23. Informações iniciais indicavam que 22 pessoas ficaram feridas, segundo o Exército israelense e as autoridades de saúde de Gaza.

Uma porta-voz militar israelense disse que o prédio, que desabou completamente, era usado como centro de comando por militantes do Hamas. Moradores locais disseram que o prédio abrigava 44 famílias.

No ataque, dois mísseis israelenses atingiram o Zafer Tower, que integrava um grupo de altos edifícios no bairro de Tel al-Hawa. Os demais prédios da vizinhança sentiram o impacto da explosão.

A polícia de Gaza disse que um míssil de alerta foi lançado cinco minutos antes e alguns residentes conseguiram deixar, às pressas, o edifício. Mesmo assim, 22 pessoas ficaram feridas, incluindo 11 crianças e 5 mulheres, de acordo com fontes de hospitais de Gaza.

Maher Abu Sedo, um morador da região, disse que os ataques ocorreram com segundos de diferença.

Cerca de 100 mil moradores de Gaza estão desabrigados e mais de 17 mil residências foram destruídas ou danificadas, segundo informações das Nações Unidas. No entanto, o ataque deste sábado foi o primeiro que destruiu um prédio inteiro de apartamentos.

Em um outro local, em Gaza, ataques aéreos contra um carro matou um homem e feriu 11 pessoas, disse Ayman Sahabani, chefe da emergência do Hospital Shifa. A Frente Popular pela Libertação da Palestina identificou a vítima como um comandante de operações.

Enquanto isso, militantes de Gaza dispararam mais de 100 foguetes e morteiros contra Israel. Na sexta-feira, um morteiro disparado de Gaza atingiu o vilarejo de Kibbutz Nahal Oz no sul de Israel e matou um menino de 4 anos.

A mídia israelense disse que um grande número de residentes de comunidades dessa região, próxima da fronteira com Gaza, estava deixando suas casas em busca de áreas mais seguras.

Desde o início da operação israelense contra o Hamas, grupo islâmico que controla Gaza, no dia 8 de julho, Israel promoveu mais de 5 mil ataques aéreos e bombardeios enquanto militantes desse território palestino dispararam cerca de 4 mil foguetes contra o território israelense.

Mais de 2,1 mil palestinos já morreram. Segundo a ONU, cerca de 500 eram crianças. Israel perdeu 64 soldados e quatro civis.

Líbano. Pelo menos dois foguetes foram disparados do sul do Líbano neste sábado em direção a Israel, segundo fontes de uma agência de notícias do país e do serviço de segurança. Nenhum grupo reivindicou a autoria dos disparos.

A agência NNA, citando correspondentes em Tyre, disse que os foguetes tinham como alvo "territórios ocupados". Militares e policiais israelenses disseram que pelo menos um desses fogueters caiu no norte de Israel perto da cidade de Acre, na costa do Mediterrâneo. Não havia registro de feridos. / REUTERS E AP 

 

Você já leu 5 textos neste mês

Continue Lendo

Cadastre-se agora ou faça seu login

É rápido e grátis

Faça o login se você já é cadastro ou assinante

Ou faça o login com o gmail

Login com Google

Sou assinante - Acesso

Para assinar, utilize o seu login e senha de assinante

Já sou cadastrado

Para acessar, utilize o seu login e senha

Utilize os mesmos login e senha já cadastrados anteriormente no Estadão

Quero criar meu login

Acesso fácil e rápido

Se você é assinante do Jornal impresso, preencha os dados abaixo e cadastre-se para criar seu login e senha

Esqueci minha senha

Acesso fácil e rápido

Quero me cadastrar

Acesso fácil e rápido

Cadastre-se já e tenha acesso total ao conteúdo do site do Estadão. Seus dados serão guardados com total segurança e sigilo

Cadastro realizado

Obrigado, você optou por aproveitar todo o nosso conteúdo

Em instantes, você receberá uma mensagem no e-mail. Clique no link fornecido e crie sua senha

Importante!

Caso você não receba o e-mail, verifique se o filtro anti-spam do seu e-mail esta ativado

Quero me cadastrar

Acesso fácil e rápido

Estamos atualizando nosso cadastro, por favor confirme os dados abaixo